Estudar em casa: 10 dicas para se concentrar e render mais

18/04/2022
Kumon Brasil
Compartilhe:

Foto de uma mulher concentrada em frente ao computador em um ambiente aconchegante, com uma caneca na mão. Estudar em casa é muito importante para ampliar o aprendizado.

Estudar em casa é fundamental para quem deseja conquistar seus objetivos acadêmicos e profissionais.


Os estudos podem ser tanto de fixação da matéria, como a realização de exercícios, quanto de aquisição do conhecimento de forma remota.


Com a pandemia de Covid-19, muitos alunos precisaram aprender como estudar em casa. Apesar da retomada das atividades, vários mantêm este ótimo hábito.


O estudo em casa oferece muitos benefícios, como a economia de tempo com deslocamentos e menos custos com transporte.


Neste artigo, vamos trazer algumas dicas para estudar em casa que vão ajudar você a alcançar resultados mais eficazes e aproveitar melhor o seu tempo.


No método Kumon o aluno estuda em casa e aprende a se organizar, ter disciplina e eficiência no aprendizado.


Leia mais:


Como organizar um espaço para estudar em casa?


Para estudar em casa é preciso ser uma pessoa bastante organizada em relação a prazos, roteiro de estudos e cronogramas.


Mas antes de tudo isso vem a organização do espaço de estudos. Pode não parecer, mas esse é um fator que faz toda a diferença para alcançar objetivos e resultados eficientes.


A seguir, veja algumas dicas para preparar o local onde você vai estudar em casa.


Escolha um local para estudar


O ideal é ter um local fixo para estudar em casa. Assim, você se acostuma ao ritual de estudos e consegue se concentrar mais rapidamente.


Pode ser uma mesa na sala ou na cozinha, um espaço no escritório, um cantinho do quarto com uma escrivaninha.


O mais importante é que este lugar seja calmo, tranquilo, silencioso, bem iluminado e arejado. Você também deve estar confortável, então vale a pena investir em uma boa cadeira, por exemplo.


Mas atenção: não é para ficar confortável demais! Estudar no sofá ou na cama tira sua concentração e pode trazer vários prejuízos para a saúde, principalmente para a postura ou os olhos.


Se por acaso não for possível encontrar um local adequado para estudar em casa, considere uma opção pública, como a biblioteca da sua cidade.


Peça colaboração aos outros moradores


Evitar distrações é essencial para quem quer aprender como estudar em casa e obter os melhores resultados.


Isso significa que, durante o período de estudos, nada de televisão ligada, redes sociais abertas no computador, música ou telefone celular.


Uma simples notificação em um período de concentração é suficiente para quebrar sua linha de raciocínio e prejudicar os seus estudos.


Estas recomendações, claro, valem para todas as pessoas da casa.


Afinal, não adianta nada você fazer tudo certinho enquanto outra pessoa assiste a uma série ao seu lado, não é?


Procure explicar à sua família, amigos ou quem mais conviva com você a importância de um ambiente tranquilo para seus estudos.


Caso não seja possível (digamos que sua mãe trabalha em casa e passa bastante tempo em reuniões virtuais), considere mais uma vez buscar um local alternativo ou fazer um ajuste nos horários.


Organize horários para o estudo em casa


Foto de um jovem usando o computador para estudar em casa.

Assim como ter um espaço físico definido para estudar em casa ajuda na concentração, o mesmo acontece com o horário.


Defina o período do dia em que pode se dedicar aos estudos e reserve-o para isso na maior parte de dias da semana possível (preferencialmente todos os dias).


Além disso, busque identificar em que período do dia você rende melhor e está mais produtivo. 


Para algumas pessoas, o ápice do rendimento acontece no período da manhã. Já outras rendem bem melhor à noite.


Se você puder combinar seu horário de estudos em casa com seu período de maior produtividade, melhor ainda!


Também é importante aproveitar este tempo de forma inteligente e eficiente. 


Para evitar distrações e aumentar o foco nos estudos, sugerimos a técnica Pomodoro. Ela é super eficiente e traz resultados muito rápido.


Tenha os materiais sempre ao seu alcance


Antes de começar, separe e organize todos os materiais que serão necessários para seus estudos.


Precisar parar a todo instante para procurar um caderno, livro, lápis ou calculadora é o tipo de coisa que prejudica bastante o seu rendimento.


O mesmo vale, inclusive, para água e petiscos. Para evitar levantar a todo instante e perder o foco, inclua copo e garrafinha no seu material.


10 dicas para estudar em casa e render mais


Organizar o espaço é o mínimo que você deve fazer se quer estudar em casa com qualidade e alcançar seus objetivos.


Mas ainda há muita coisa que você pode implementar para potencializar os estudos e aproveitar melhor o seu tempo.


Em seguida, confira 10 dicas super úteis para mandar bem nos estudos em casa e render mais!


1. Monte um cronograma de estudos


Planeje com antecedência os assuntos que vai estudar, por quanto tempo, de que forma e com que objetivo.


Fazer isso é muito importante para organizar o seu tempo (não só o de estudos, mas também o de descanso e lazer).


Por exemplo: se sua meta é mandar bem nas provas de final de bimestre, seu cronograma precisa contemplar a matéria que será cobrada dentro do tempo que falta para os exames.


Já se o seu objetivo é passar no vestibular o prazo é outro, assim como a quantidade de conteúdo. 


Seja qual for sua meta, montar um cronograma e criar um roteiro de estudos são ferramentas que vão ajudar bastante a estudar em casa.


Assista ao vídeo e confira algumas dicas para planejar sua rotina de estudos:




2. Faça anotações


Use e abuse das anotações. Destaque pontos que considera importantes, faça resumos, escreva comentários que ajudem a lembrar do conteúdo e anote dúvidas para esclarecer com o professor.


Na hora de fazer suas anotações, use o método que tiver mais a ver com seu estilo de aprendizagem preferido.


Você pode criar mapas mentais, desenhos, infográficos, fichas de resumos… Escolha a forma que funciona melhor para você.


Porém, procure seguir uma regra e fazer tudo isso à mão.


De acordo com um estudo publicado na revista Psychological Science, é mais fácil lembrar de algo quando fazemos anotações à mão, em vez de digitar.


3. Mantenha-se organizado


O conceito de eficiência está diretamente ligado à maneira como você usa o tempo. Não desperdiçá-lo é obrigatório para alcançar os resultados planejados.


Manter-se organizado é um dos grandes aliados para evitar o desperdício de tempo. 


Se você precisa parar a todo instante para encontrar um material, não sabe muito bem em que hora do dia vai estudar nem em que local, seguramente seus estudos não vão atingir o melhor potencial.


Porém, seguindo nossas dicas, temos certeza de que você vai conseguir se organizar e aproveitar ao máximo o seu tempo.


4. Afaste-se de distrações


Ao estudar em casa, inevitavelmente você fica exposto a muito mais distrações do que se estivesse em uma sala de aula.


Notificações de celular que chegam sem parar, outras pessoas na casa fazendo barulho, campainha, cachorro do vizinho latindo o dia todo, cortador de grama… Poderíamos citar centenas de exemplos.


O fato é que essas distrações são muito prejudiciais para o bom andamento dos estudos.


Por isso, o foco torna-se ainda mais importante. Ao trabalhar esta competência, você não está somente melhorando sua forma de aprender, mas também aprimorando uma habilidade muito valorizada no mercado de trabalho.


5. Reserve um tempo para descansar


Estudos comprovam que nosso cérebro consegue permanecer focado por cerca de 50 minutos em um único tema. 


Depois deste tempo, há uma grande perda de atenção e o estudo torna-se menos proveitoso. Em outras palavras: fazer pausas é obrigatório para aprender com qualidade.


Cerca de 10 ou 15 minutos a cada 50 minutos são suficientes para que o cérebro possa relaxar e retomar sua capacidade de foco e atenção.


Também é importante reservar um tempo para se divertir, fazer o que gosta ou mesmo não fazer nada. Sem isso, é fácil perder a motivação e prejudicar os seus estudos.


6. Conheça seu estilo de aprendizagem


Foto de mãe e filha em meio a materiais de estudo. Para estudar em casa é importante que todos os membros da casa respeitem o horário de estudos.


Você sabia que as pessoas têm mais facilidade de aprender dependendo da forma como isso é feito, e que ela varia de aluno para aluno?


Alguns adquirem melhor o conhecimento quando olham para o material. Já outros preferem falar e escutar. Tem gente que gosta de ler e escrever, enquanto alguns alunos gostam mesmo é de colocar a mão na massa.


Estas diferenças são classificadas em estilos de aprendizagem. Saber qual é o seu é um instrumento poderoso para ajudá-lo a obter os melhores resultados.


Quando você entende o que funciona melhor no seu caso, pode usar técnicas direcionadas para estudar de um jeito mais produtivo.


7. Crie um checklist para suas tarefas


Mesmo criando uma rotina de estudos e um cronograma para orientar as atividades, organizar o seu dia da mesma maneira é uma excelente ideia.


Antes de começar, procure fazer uma lista com tudo que deve ser feito ao longo do dia. Você pode incluir atividades que não tem ligação com os estudos, se isso for útil para a sua organização.


Com essa lista em mãos, fica mais fácil visualizar quais são as tarefas que devem ser cumpridas. Conforme você as termina, é legal riscar a tarefa da lista.


Assim, além de se organizar melhor, você percebe como está rendendo e se mantém motivado.


8. Estabeleça metas possíveis


Atenção a esse ponto. Na empolgação de organizar os estudos, pode ser que você estabeleça metas das quais não consegue dar conta.


O resultado é sempre ruim: ou você atropela conteúdos para cumprir as suas metas, perdendo qualidade, ou atrasa todo o cronograma, prejudicando a organização.


Ainda há a ansiedade causada por não conseguir cumprir o que foi estabelecido, e problemas de saúde que podem vir disso ou de estudar sem os devidos descansos.


Estabelecer metas possíveis de cumprir e realistas, por outro lado, ajuda a manter seu planejamento em andamento e injeta uma dose de motivação extra a cada etapa concluída.


9. Capriche no equipamento


Para estudar em casa, é normal que o aluno utilize bastante a internet, seja para encontrar conteúdos e acessar o material didático ou para assistir às aulas online.


Em ambos os casos, o computador deve possuir as configurações mínimas para este tipo de uso, assim como sua conexão à internet precisa ser confiável.


Algumas dicas para melhorar estes aspectos são usar o computador conectado ao modem por um cabo de rede. Este tipo de conexão é mais estável que o Wi-Fi.


Caso você use um dispositivo móvel para estudar, como celular ou tablet, a recomendação é procurar o ponto da casa em que a conexão Wi-Fi é melhor (mais uma coisa para considerar ao escolher seu local de estudos).


10. Vá além do material didático


Estudar em casa permite ir muito além das videoaulas ou dos materiais disponibilizados pelos professores.


O YouTube, por exemplo, pode ser uma ótima maneira de complementar os estudos e entender melhor um assunto. O mesmo vale para um podcast. Só certifique-se de que as fontes são confiáveis.


Desenvolver esse tipo de autonomia é essencial para aprender mais, e garantimos que vai ser muito útil no seu futuro profissional.


11. Mantenha hábitos saudáveis


O estudo em casa é uma atividade que exige bastante dedicação e atenção. Para manter tudo isso positivo, dedique especial atenção à sua saúde mental.


Isso envolve fazer coisas que são prazerosas no seu tempo livre, estar com pessoas queridas, sair de casa para se divertir e manter a motivação e o foco nos seus objetivos.


O mesmo vale para a saúde física. Ficar sentado por longas horas diante de um computador traz problemas para os olhos, a postura e a circulação sanguínea.


Por isso, o ideal é incluir algum tipo de atividade física na sua rotina, de preferência ao ar livre. Corrida e ciclismo, por exemplo, não necessitam de muito investimento e podem ser feitos em qualquer lugar.


Não deixe de fazer pausas durante o período em que estiver estudando e tome bastante água!


Dúvidas frequentes sobre como estudar em casa


Como você viu, é possível fazer uma série de mudanças no dia a dia para melhorar os estudos em casa.


Para não restar nenhuma dúvida, confira algumas perguntas frequentes abaixo e conte com a nossa ajuda para alcançar seus objetivos.


Por que é importante estudar em casa?


Estudar em casa é fundamental para complementar o que foi visto em sala de aula, praticar fazendo exercícios, levantar eventuais dúvidas para esclarecer com o professor e revisar a matéria aprendida.


Como faço para conseguir estudar em casa?


Os estudos em casa exigem bastante organização. Escolha um horário e um local adequados, faça um cronograma do que precisa estudar e mantenha o foco na atividade. Evite distrações, mantenha seu material sempre à mão e faça pausas.


Como se concentrar para estudar em casa?


Converse com os outros moradores e explique a importância de um ambiente calmo e tranquilo. Mantenha todas as distrações fora de alcance, como televisão, celular ou rádio. Procure criar uma rotina de estudos e aproveitar o horário em que se sente mais produtivo.


O Kumon nasceu como um método de estudo no lar. Nas unidades Kumon você descobre como ele pode ajudar a desenvolver a concentração e o hábito de estudos. Agende uma visita!


Conclusão


Seja para revisar conteúdos e complementar os estudos na sala de aula, seja para aprender de forma remota, estudar em casa é imprescindível para quem quer desenvolver seu máximo potencial e conquistar seus objetivos.


Neste artigo você aprendeu que, para ter sucesso, é importante organizar bem o espaço de estudos, escolhendo um local calmo e silencioso para as atividades e determinando um horário fixo para isso.


Além disso, dicas sobre como fazer um cronograma de estudos, estabelecer metas possíveis de serem alcançadas, reservar um tempo para o descanso e lazer e cuidar da saúde são muito úteis para este tipo de estudos.


Nós falamos sobre isso com muita propriedade, já que o Kumon nasceu como um método de estudos no lar e há décadas ajuda alunos a desenvolverem habilidades como a organização, rotina de estudos e autodidatismo.


Esperamos que com estas dicas você possa aproveitar ao máximo seus estudos em casa. Se precisar de ajuda, conte com a gente!

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade
Para garantir ainda mais transparência em como usamos seus dados pessoais aqui no Kumon, nós atualizamos nossa Política de Privacidade. Caso queira consultá-la, clique aqui. Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência no nosso site. Ao continuar a navegar neste site, você concorda como o seu uso. Para saber mais sobre o uso de cookies, clique aqui.