Como escrever uma redação: 11 técnicas e dicas para mandar bem

07/04/2022
Kumon Brasil
Compartilhe:

Saber como escrever uma redação faz toda diferença no Enem.

Não importa se é no Enem, no vestibular ou em um concurso público: saber como escrever uma redação perfeita coloca você muito à frente na disputa pela tão sonhada aprovação.


Isso porque não é nada fácil conseguir nota 1.000 nesse teste. Ortografia e gramática perfeitas com certeza são importantes, mas sozinhas não garantem o sucesso.


Quer dizer que somente saber escrever bem não é suficiente?


Pois é, se quiser tirar nota máxima você vai precisar ir além disso.


Nas provas de redação, é preciso saber argumentar. Ou seja, analisar dados e informações confiáveis, fatos e situações com o objetivo de formar uma opinião própria.


Este tipo de texto, em que é necessário defender um ponto de vista, é chamado de dissertativo-argumentativo. Na maioria das redações, com exceção de algumas mais técnicas de concursos, é ele que será avaliado.


Por se tratar de um estilo de escrita estruturado, é possível identificar procedimentos e postos-chave que o ajudem a mandar bem nos próximos exames.


É exatamente isso que nós trazemos no texto de hoje para você. A seguir, conheça 11 técnicas e algumas dicas para fazer uma boa redação!


No curso de português do Kumon você aprende a interpretar e escrever de maneira crítica, preparando-se para os principais exames e o mercado de trabalho. 


Leia mais:


Como escrever uma redação: aprenda as principais técnicas


Aprender como escrever uma redação pode ser a diferença entre entrar ou não naquele curso universitário tão desejado.


A prova costuma ter um peso muito importante na composição da nota final dos vestibulares, funcionando inclusive como critério de desempate.


Por este motivo é bem importante dedicar atenção às técnicas necessárias para ter um excelente desempenho.


Com bastante prática e seguindo os conselhos que damos a seguir, temos certeza que você tem tudo para mandar bem na hora da prova!


1. Entenda o tipo de redação


Há 3 tipos principais de redação: dissertação, descrição e narração.


A dissertação, que é o tipo cobrado nas provas do Enem, vestibulares e concursos, baseia-se em argumentos e opinião. Sua estrutura é dividida em introdução, desenvolvimento e conclusão.


Já a descrição limita-se a relatar algo, como um objeto, um lugar, um evento ou mesmo um sentimento. 


E a narração é usada para contar uma história ou fato. Nela há um enredo, personagens e um narrador.


2. Monte uma estrutura


Para entender como escrever uma redação impecável, você vai precisar de um plano.


Este tipo de texto possui um espaço definido e um tempo limite para ser criado. Portanto, não dá para divagar e esperar a inspiração chegar.


A melhor forma de agir rápido é pensar de maneira estruturada. Antes de se preocupar em como escrever suas ideias, você precisa saber quais são elas e como se conectam dentro do texto.


Para isso o ideal é dividir sua redação em três partes: introdução, desenvolvimento e conclusão.


Introdução


Aqui é onde você propõe a sua tese. Apresente o tema e de que forma pretende abordá-lo. De maneira direta e objetiva, indique por onde seu raciocínio começa e direcione o leitor para o desenvolvimento.


Desenvolvimento


Depois de apresentar sua tese, você vai precisar de argumentos que defendam seu ponto de vista. 


Recomendamos que você use dois ou três que sejam fortes e ajudem quem está lendo a entender sua interpretação do tema.


Conclusão


Você já mostrou sua perspectiva do assunto e os motivos que o levam a ver o tema de determinada maneira. Agora, é hora de encerrar o debate confirmando o que foi apresentado.


É bom lembrar que no Enem ainda há mais um ponto que deve ser levantado na conclusão: a solução.


Em outras palavras, sugerir uma maneira de resolver o problema levantado pela prova. 


Esta proposta deve se basear na sua tese e nos argumentos que você apresentou, de maneira realista e viável.


3. Leia muito


Não é a primeira nem a última vez que vamos falar isso aqui no blog: antes de aprender a escrever bem, é preciso aprender a ler bem.


Ler bastante fornecerá um repertório variado para seu texto, tanto de palavras quanto de estrutura. 


Busque variar o tipo de texto que você lê. Um artigo de opinião, por exemplo, pode ser uma excelente referência de como organizar argumentos.


Procure ler sobre atualidades. Os temas abordados nas provas geralmente estão ligados a elas, e estar bem informado ajuda a enriquecer sua abordagem do assunto.


4. Tome notas das leituras


Crie o hábito de tomar notas enquanto lê.


Além de ajudar a fixar o conteúdo, este hábito vai ajudar você a exercitar a estruturação de um assunto com palavras-chave e frases curtas.


Como você verá adiante, esta é uma excelente maneira de planejar como escrever uma redação.


5. Use muito o dicionário

Uma das principais dicas de redação é usar um dicionário


Uma simples palavra pode alterar todo o significado de uma frase.


Se ela estiver no texto de apoio da sua prova ou mesmo no enunciado da redação, ela pode fazer mais que isso: pode alterar a sua nota. E o pior, para baixo.


Sempre que estiver lendo ou estudando, procure manter um dicionário por perto para procurar as palavras que não conhece.


Existem muitos aplicativos que vão ajudar você bastante com isso. Escolha seu preferido e não deixe de praticar esta técnica.


6. Anote as ideias para argumentos


Depois de entender qual é o tema da redação, o tipo de texto pedido e a estrutura que usará para argumentar a favor de um ponto de vista, é hora de usar o que você já sabe e os textos de apoio para tomar notas.


A partir daí, planeje onde elas podem ser usadas e de que forma isso preenche o esqueleto que você havia montado.


Esta é uma fase importante para verificar se seus argumentos fazem sentido e são válidos, ajudando a tornar o texto consistente e objetivo.


7. Tenha muita atenção


Em momentos de tensão é muito comum ocorrer erros por desatenção. 


Palavras repetidas, erros de ortografia, de revisão… Desde o início da prova, é importante estar muito atento a todos os detalhes.


Em algumas provas, por exemplo, como a do Enem, incluir um título é opcional. Já na prova da Fuvest, ele é obrigatório.


Como você vai perceber isso na prova?


Estando atento desde o início.


8. Crie um bom título


Já que falamos em títulos, é bom lembrar que ele é parte fundamental de como escrever uma redação e possui um papel importante.


Um bom título chama a atenção, instiga a leitura e, principalmente, resume o tema da sua redação.


De cara, ele tem o poder de mostrar que você compreendeu o tema proposto e indicar até mesmo qual é sua perspectiva sobre o assunto.


Para criar um bom título, evite frases longas, mantenha a simplicidade e seja criativo.


9. Siga uma linha de pensamento


Em uma redação dissertativa, é essencial seguir uma linha de pensamento.


No início, você apresenta uma tese. Depois, os argumentos que a reforçam e, por fim, sua conclusão.


Não adianta fazer uma introdução levantando uma ideia, apresentar argumentos que não tem nada a ver com ela e chegar a uma solução que se afaste da proposta.


Para que tudo faça sentido de forma geral, concentre-se em manter o foco no raciocínio base do seu texto.


10. Revise o texto


Escrever sob pressão, como acontece nos vestibulares e no Enem, é bem diferente de praticar em casa. 


O nervosismo e o limite de tempo podem levar a erros que você jamais cometeria em outras condições.


Por isso, antes de passar o texto a limpo na folha de respostas, respire fundo e revise tudo com calma.


Preste atenção à gramática e à ortografia, elimine palavras desnecessárias, substitua as que se repetem por algum sinônimo e verifique se todas as ideias fazem sentido em conjunto.


11. Passe a limpo


Esse é o texto que vai chegar até a banca avaliadora, portanto capriche! 


Escreva com a melhor caligrafia possível, respeite o número de linhas e os espaços e concentre-se para não cometer erros que precisem ser rasurados.


Segundo estas 11 técnicas, você tem grandes chances de aprender como escrever uma redação e ficar mais próximo de seus objetivos.


6 dicas para fazer uma boa redação


Se você quer escrever uma redação nota 1.000, daquelas que os professores usam como exemplo nos cursinhos, temos mais algumas dicas para você!


1. Não fuja do tema


Atenção a essa dica importantíssima! Fugir do tema pode arruinar ou até zerar sua nota na redação. 


Este erro é mais comum do que se imagina.


Ele pode acontecer por falta de atenção ao texto proposto, pouco conhecimento em relação ao tema apresentado ou mesmo insegurança para construir argumentos sobre determinado assunto.


É por isso mesmo que a maioria das provas disponibiliza materiais de apoio para a redação. 


Eles contêm dados e informações que podem ser usados para argumentar e apresentar um ponto de vista com objetividade e clareza.

2. Faça sempre um rascunho


Mesmo seguindo todas as técnicas que trouxemos neste post, recomendamos muito que você faça um rascunho.


Essa é a hora em que você vai transformar todas suas ideias, anotações e argumentos em um texto com início, meio e fim.


Neste momento, não se preocupe em encontrar as palavras perfeitas. Lembre-se que o tempo é curto. Dedique-se a esquematizar seu texto e a forma como uma ideia leva à outra.


3. Seja coerente

Saiba como se escreve uma redação: dicas essenciais para escrever bem


Um texto coerente é, antes de mais nada, um texto que faz sentido.


Já imaginou propor uma tese em sua introdução e apresentar um argumento que a contradiga?


Pois é, além de argumentos coerentes, evite a repetição de ideias e forneça informações relevantes: ou seja, que tenham ligação com o texto.


Frases soltas sem sentido, argumentos não explicados e um texto sem lógica são incoerentes e altamente prejudiciais para o seu desempenho.


4. Cuidado com os erros gramaticais


Você está aqui para aprender como escrever uma redação, certo? 


Então recomendamos que você preste muita atenção à gramática. Apesar de não serem erros tão graves quanto a falta de coerência, os erros gramaticais podem diminuir pontos importantes da sua nota.


Quem sabe, justamente aqueles que faltavam para conquistar a tão sonhada aprovação.


Como você não quer perder essa oportunidade de jeito nenhum, dedique especial atenção a este ponto. 


Saber separar sujeito de predicado, usar a crase, fazer o correto uso dos porquês, pronomes, vírgulas, regência verbal… Tudo isso vai fazer diferença no resultado final.


5. Escreva na terceira pessoa do singular ou plural


Lembra que lá no início do texto nós falamos sobre os tipos de redação?


Escrever em primeira pessoa é uma característica de textos narrativos. Na dissertação, que é o tipo de redação cobrada no Enem, você deve seguir à risca as características deste estilo.


Entre elas, está o uso da terceira pessoa, tanto no singular quanto no plural.


Assim, sua argumentação torna-se objetiva e impessoal. Por outro lado, quando você usa expressões como “eu acho” ou “na minha opinião”, transmite a mensagem de que seus argumentos não têm base sólida. 


6. Cuidado com a informalidade


Talvez você nem perceba, mas com as redes sociais e apps de mensagem escrevemos muito durante o dia.


Entretanto, a linguagem que costumamos usar para fazer um post é bem diferente daquela exigida nas provas.


Para desvendar o segredo de como escrever uma redação, é fundamental compreender esta diferença.


Enquanto a primeira, que usamos com os amigos, é considerada informal, a segunda é aquela que você encontra nos livros e jornais.


Resumindo: é o português ensinado nas aulas, com todas as suas regras. Para saber se o seu texto está cumprindo este requisito, fique atento a algumas recomendações:


  • Não use abreviações.

  • Não use o “você” (muito menos “vc”).

  • Conjugue os verbos corretamente.

  • Use a pontuação da forma certa.


Esperamos que estas técnicas e dicas sobre como escrever uma redação ajudem você a alcançar todos seus objetivos. 


Se você ainda precisar de ajuda, que tal visitar uma unidade e conhecer o curso de português do Kumon? 


Conclusão sobre como escrever uma redação


Neste texto, você aprendeu como escrever uma redação com base em 11 técnicas e dicas para mandar bem.


Na maior parte das provas, o estilo exigido será o dissertativo. Nele, você precisará construir uma tese e expor sua opinião com base em argumentos sólidos, sem fugir do tema proposto, e apresentar uma solução ou conclusão para suas ideias.


Lendo o enunciado e os textos de apoio, é possível construir uma linha de raciocínio para escrever um bom texto. 


Porém, possuir um conhecimento mais amplo sobre temas atuais é uma ótima maneira de melhorar sua argumentação e fazer uma redação que encha os olhos da banca avaliadora.


Criar um texto nota 1.000 no Enem, nos vestibulares ou mesmo num concurso público não é fácil. Mas vale a pena se esforçar para chegar lá.


Escrever uma boa redação muitas vezes é a diferença entre a aprovação ou não.


Com as técnicas certas, atenção e bastante prática, fica mais fácil conseguir um bom resultado que ajude você a conquistar seus objetivos. 


Que tal então começar a treinar?


Compartilhe este texto com seus amigos e colegas e preparem-se para comemorar juntos suas conquistas. Boa sorte!

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade
Para garantir ainda mais transparência em como usamos seus dados pessoais aqui no Kumon, nós atualizamos nossa Política de Privacidade. Caso queira consultá-la, clique aqui. Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência no nosso site. Ao continuar a navegar neste site, você concorda como o seu uso. Para saber mais sobre o uso de cookies, clique aqui.