5 dicas para aprender japonês mais rápido

08/11/2021
Kumon Brasil
Compartilhe:


Estudar japonês não é fácil, a gente sabe bem. Afinal, mais que um novo idioma, é preciso aprender todo um novo alfabeto em japonês.


Ao encarar as dificuldades, muita gente desiste de aprender. Uma pena, não é? Com isso, elas acabam abrindo mão de conhecer uma cultura riquíssima e milenar, ampliar as oportunidades de emprego ou bolsas de estudo e poder curtir animes, mangás e músicas japonesas em suas versões originais.

 

Se você quer tudo isso, mas está exatamente nesta situação, confira algumas dicas que vão ajudá-lo a dar um salto nos estudos, se manter motivado e dominar o idioma de uma vez por todas.

5 ótimas dicas para aprender japonês rápido

1. Pratique todos os dias

 

Uma rotina de estudos vai bombar o seu japonês. Nós podemos garantir, já que este é um dos pilares do método Kumon

Estudando apenas 30 minutos por dia, nossos alunos aprendem a desenvolver seu máximo potencial, com prazer em aprender de forma autodidata. 

+ Aprenda como criar o hábito de estudar, que vai te ajudar a aprender japonês e outras línguas mais rápido! 

 

2. Falar em voz alta

 

Para facilitar o estudo diário, há alguns anos o Kumon desenvolveu o aplicativo Audiobook (veja este post que fizemos sobre essa incrível ferramenta). Combinar tecnologia e estudo é uma ótima opção para quem quer acelerar o processo de aprendizagem. Além dos áudios serem gravados por nativos, nossos alunos têm contato com o idioma na hora e no local que quiserem. Esse diferencial ajuda o estudante a aperfeiçoar a pronúncia e aprender com mais facilidade. 

 

3. Escutar japonês

 

Uma das etapas fundamentais para o estudo do japonês é ouvir o idioma, ampliando o vocabulário e treinando a pronúncia. Além dos materiais do Audiobook, vale tudo: música, programas de TV, filmes e animes. Se você ainda não conhece, uma ótima indicação são as animações do Studio Ghibli, como A Viagem de Chiriro, lançada em 2001 e vencedora do Oscar de melhor animação, ou Meu Amigo Totoro, de 1988, cujo personagem está no logotipo da empresa.

 

4. Manter o foco e a disciplina

 

Esta dica vale para qualquer estudo, não é verdade? Quando temos um objetivo, é importante nos dedicarmos a alcançá-lo, com organização e vontade. Para isso, além do hábito de estudos, é importante escolher um local adequado para estudar, silencioso e bem iluminado.

+ Conheça algumas curiosidades do Japão sobre a cultura e hábitos  dos japoneses! 

 

5. Investir em um curso

 

O Kumon, como um método originário do Japão, naturalmente se destaca no ensino de japonês, proporcionando um estudo individualizado e adequado para cada aluno. 


Desenvolvido especialmente para brasileiros, o material didático permite que mesmo quem nunca teve contato com o idioma estude e se aprimore sem dificuldade. 


Como o estudo é gradual, as lições são iniciadas por um nível básico e cada aluno evolui conforme seu próprio ritmo. Quem já tem contato com a língua japonesa pode fazer um teste diagnóstico, de maneira remota, e iniciar de um ponto mais avançado.

Aliás, você sabe o que significa Kun em japonês? Esse e muitos outros conhecimentos sobre a língua japonesa você adquire no curso de japonês Kumon! 

 

Conclusão


Aprender um novo idioma está entre as atividades que ajudam a melhorar o desempenho do cérebro, estimulando a memória e a criatividade. Além disso, por meio de outra língua, é possível conhecer países e culturas. Já imaginou estudar, trabalhar e morar do outro lado do mundo?


Não faltam motivos para você investir nos seus estudos de japonês e abrir várias portas, sejam acadêmicas, profissionais ou simplesmente pessoais!

Além do japonês você também se interessa por outras línguas? Saiba o que é um poliglota e como se tornar um!


CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE O KUMON DE JAPONÊS.

Tags: japonês

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade
Para garantir ainda mais transparência em como usamos seus dados pessoais aqui no Kumon, nós atualizamos nossa Política de Privacidade. Caso queira consultá-la, clique aqui. Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência no nosso site. Ao continuar a navegar neste site, você concorda como o seu uso. Para saber mais sobre o uso de cookies, clique aqui.