Curiosidades sobre o Japão: 15 fatos que você ainda não sabia

21/04/2022
Kumon Brasil
Compartilhe:

 Foto mostra mão segurando passarinhos de papel, uma das curiosidades sobre o Japão

Pode reparar: quanto mais curiosidades sobre o Japão alguém conhece, mais com vontade fica de visitar esse país incrível.


É o seu caso?


Então esse artigo foi feito para você. Nele vamos trazer uma série de curiosidades sobre a cultura japonesa.


Siga lendo para descobrir alguns costumes dos japoneses que vão deixar você ainda mais animado para conhecer a terra do sol nascente.


Depois disso, vai ser difícil segurar o impulso de comprar uma passagem e voar direto para lá! E se isso ainda não é possível, que tal se preparar para o grande dia aprendendo a falar japonês?


Língua, costumes e cultura: se você quer aprender japonês de verdade, conheça o curso do Kumon. 


Leia mais:


Curiosidades sobre o Japão: 15 fatos sobre os costumes dos japoneses


Se você gosta de cultura oriental, já deve ter reparado que há muitas curiosidades sobre o Japão.


Uma das maiores é o fato de, em uma ilha não tão grande assim, haver tanta proximidade entre costumes muito tradicionais, passados de geração em geração, e iniciativas tecnológicas que colocam o Japão entre os países mais desenvolvidos do mundo.


Sejam antigos ou recentes, alguns costumes da cultura japonesa são muito peculiares. 


Confira a seguir 15 curiosidades sobre o Japão que fazem dele um país único em termos de ambiente cultural.


Culinária japonesa

Foto de uma tigela de comida quente e decorada com ervas, um dos costumes e curiosidades japonesas.


Vamos começar por um assunto que vai surpreender muitos brasileiros: a culinária japonesa vai muito além do sushi!


Aliás, esta é uma das iguarias menos presentes nos cardápios japoneses do dia a dia, acredita?


É muito mais fácil encontrar massas, pratos com arroz, vegetais, carnes e frutos do mar (afinal, estamos falando de uma ilha).


Mais uma curiosidade sobre o Japão: sua culinária tradicional, conhecida como Washoku, é uma das duas únicas gastronomias reconhecidas como Patrimônio Imaterial Cultural pela ONU.


Saúde e segurança pública

Costumes do Japão: foto de pó verde ao lado de cumbuca com líquido esverdeado. Os costumes da cultura japonesa valorizam muito a saúde


Você sabia que a culinária japonesa é reconhecida em todo o mundo como um exemplo de dieta saudável?


Com uma incidência de somente 3,7% entre os adultos, os japoneses possuem o menor nível de obesidade entre as nações.


A segurança pública é outro fator que se destaca. Atualmente, as chances de alguém morrer vítima de uma arma no Japão são as mesmas de um americano sofrer um acidente fatal ao ser atingido por um raio.


Estas curiosidades sobre o Japão, relacionadas à saúde e segurança, contribuem para as pessoas viverem por mais tempo, como veremos a seguir.


Expectativa de vida

Costumes dos japoneses: foto de um casal de idosos japoneses sorrindo, sentados em um banco de praça. Uma das curiosidades do Japão é a longa expectativa de vida



O Japão possui a maior expectativa de vida do mundo: quase 84 anos. É comum que as pessoas passem dos 100 anos. Em 2021, os centenários eram mais de 86 mil!


Ao chegar a esta idade, era comum as pessoas ganharem de presente do governo uma carta de felicitação e um prato banhado em prata, avaliado em 8 mil ienes.


Porém, com o número de aniversariantes soprando 100 velinhas chegando a 29 mil em 2014, foi preciso encontrar um reconhecimento mais barato. O gasto em presentes já estava acima de US$ 2,1 milhões!


Transporte no Japão

 Curiosidades sobre a cultura japonesa: foto de um funcionário da estação de trem olhando o relógio. Pontualidade é um dos costumes dos japoneses.

Apesar de não ser a maior estação de trem do mundo em número de plataformas, a estação de Shinjuku é com certeza uma das mais movimentadas.


Por ela passam diariamente 3,6 milhões de passageiros. Para você ter uma ideia, são quase 7 vezes mais que a movimentação na estação da Sé, em São Paulo.


Quando o assunto é transporte, as curiosidades sobre o Japão não param por aí. Na Tama-Center Station, em Tóquio, fica a estação Hello Kitty, decorada em homenagem a uma das gatinhas mais famosas do mundo. 


Comportamento dos japoneses

 Foto de uma mulher japonesa usando kimono, ajoelhada em um tatame. Muitas curiosidades sobre o Japão envolvem o respeito às tradições.


O Japão é conhecido no mundo todo pelas atitudes respeitosas de sua população. Há inclusive uma variante formal da língua japonesa chamada keigo, utilizada para mostrar consideração e respeito pela pessoa com quem falamos.


Basta um passeio pelas ruas japonesas para entender como tudo isso fica evidente.


Os costumes do Japão incluem respeitar filas, aguardar o sinal abrir para os pedestres (mesmo que não venha nenhum carro, ninguém atravessa no vermelho) e dar atenção às regras.


É proibido, por exemplo, fumar nas ruas. E adivinhe? Pois é, ninguém fuma. Para isso, existem espaços reservados exclusivos, como uma espécie de área para fumantes.


Mesmo com tanto respeito às regras, você sabia que em japonês existem pelo menos 20 jeitos diferentes de pedir desculpas?


Sapatos sempre fora de casa

Foto de um par de sandálias no chão. Tirar os calçados para entrar em casa é um dos costumes dos japoneses.


Outro costume respeitoso dos japoneses conhecido no mundo todo é retirar os sapatos antes de entrar em casa, seja na própria, na de outra pessoa ou mesmo em locais como bibliotecas e hospitais.


E, claro, há todo um ritual para isso. Afinal estamos falando do Japão.


Os sapatos devem ser retirados em uma área específica, chamada genkan, e organizados com a frente virada para a porta de entrada. 


Há dois motivos para isso. O primeiro é relacionado à higiene, mantendo germes, bactérias e a sujeira fora de casa.


O segundo é cultural, tratando como sujeira não só o barro e a poeira, mas também as energias impuras trazidas da rua.


Ao deixar os sapatos na rua, mostra-se respeito para não sujar o ambiente de nenhuma dessas formas.


Privadas tecnológicas

 Foto de um coelho de pelúcia sentado no vaso sanitário. A tecnologia das privadas é uma das curiosidades sobre o Japão.


Esta é uma das curiosidades sobre o Japão que mais surpreendem as pessoas.


Afinal, esperamos que os japoneses consigam produzir tecnologias incríveis para celulares, carros e equipamentos eletrônicos.


Mas a privada é algo que dificilmente vamos relacionar com inovação.


E não é pouca inovação não, viu? As tábuas possuem regulagem de temperatura, assim como o esguicho de água usado para a higiene, que também pode ter a pressão regulada por um painel.


Moda

 Foto de uma jovem de cabelos brancos, vestido branco e meias três quartos brancas. Os estilos de moda são uma das curiosidades japonesas.


A moda japonesa é um caso à parte, de tão curiosa que é para os ocidentais.


Existem vários estilos, como o ganguro, que mistura pele bronzeada, maquiagem branca nos olhos e nos lábios, cabelos claros e muitos (muitos mesmo) acessórios chamativos, como cílios postiços e roupas brilhantes.


Outro que você talvez você conheça é o kigurumi, a tendência de usar pijamas de bichinhos fofos. 


Mas, ao contrário do Brasil, onde só as crianças usam, no Japão é comum ver homens e mulheres adultos com este look nas ruas.


Ainda há o cosplay, muito difundido por aqui, em que as pessoas usam máscaras e fantasias com o objetivo de imitar seus personagens preferidos dos videogames, mangás e animes.


Máscaras

Foto de uma mulher de máscara cirúrgica, sentada próxima a uma janela. Há muito tempo usar máscaras é um dos costumes do Japão.


Por falar em máscaras, esta é mais uma entre as curiosidades sobre o Japão mais conhecidas por aqui.


Este hábito vem desde a época da gripe espanhola, uma pandemia ocorrida no início do século XX que matou mais de 390 mil japoneses.


Ou seja: os japoneses já as usavam desde muito tempo antes da pandemia de Covid-19.


Essa atitude mais uma vez está conectada ao respeito que a sociedade japonesa tanto valoriza. Quando alguém está doente, por exemplo, usa máscara para evitar infectar outras pessoas. E, claro, para proteger a si mesmo.


Máquinas de bebidas

Foto mostra um dedo prestes a apertar números em um teclado de máquina de venda automática. A grande quantidade delas é uma das curiosidades sobre o Japão.


Há máquinas de venda automática de bebidas em literalmente todos os lugares!


Todos mesmo, são mais de 5 milhões de hanbaiki em todo o país. É praticamente impossível encontrar uma esquina em que não haja algumas delas.


As máquinas normalmente vendem bebidas, como cervejas, energéticos e refrigerantes (mais uma das incríveis curiosidades sobre o Japão: o país tem mais de 70 sabores de Fanta!).


Mas não para por aí: também é possível comprar arroz, verduras, cachorro-quente feito na hora, brinquedos, amuletos, roupas, comida para carpas, guarda-chuvas, bicicletas e até carros!


Bebedouros e banheiros públicos

Foto mostra sinalização de banheiro. Entre os costumes dos japoneses está o uso de banheiros e bebedouros públicos.


Depois de explorar 70 sabores de Fanta, uma infinidade de bebidas e aventuras inimagináveis nas hanbaiki, é um alívio saber que no Japão sempre tem um banheiro por perto.


Pois é, nada de passar aperto nas ruas. Além de banheiros públicos, também é fácil achar bebedouros pela cidade, caso você não queira acabar com todo seu dinheiro nas máquinas de venda automática.


Vitrines de comida

Foto mostra réplica de prato de macarrão com camarões exposto em uma vitrine. As fake foods estão entre as maiores curiosidades sobre o Japão.


Se você quer visitar o Japão mas não sabe ler nem falar japonês, vem aprender o idioma no Kumon, assim você vai ficar muito feliz em saber que escolher seu pedido em um restaurante não será tão difícil assim.


Muitos locais contam com uma espécie de mostruário do menu. É isso mesmo, as opções de pratos do cardápio são reproduzidas fielmente usando silicone e plástico PVC, e ficam expostas em uma vitrine.


Isso facilita muito a vida dos turistas! Basta escolher a Tabemono no Sanpuru (comida de mentira) que mais der água na boca e avaliar as quantidades e ingredientes. Depois é só apontar e aguardar a comida de verdade.


Guarda-chuvas

Foto de pessoas atravessando a rua. Muitas delas usam guarda-chuvas, mesmo sem chuva. Mais um dos curiosos costumes da cultura japonesa.


Uma das curiosidades sobre o Japão é que as pessoas costumam usar os guarda-chuvas como acessórios, mesmo em dias em que não há possibilidade de chuva.


Mais que um modismo, o uso das sombrinhas faz parte da história do país, tendo relação até mesmo com a época dos samurais.


Assim como os alfabetos japoneses, os guarda-chuvas foram criados na China. Eles chegaram ao Japão entre os séculos VI e VII e eram considerados artigos de luxo.


Como muitos samurais não tinham dinheiro, faziam os acessórios em casa para vender. Hoje em dia, os guarda-chuvas não são mais feitos à mão, mas continuam presentes como parte importante dos costumes da cultura japonesa.


Tsurus

Foto de inúmeros passarinhos de papel coloridos pendurados em fios. Este é um dos costumes da cultura japonesa mais conhecidos.


Você provavelmente conhece os famosos passarinhos japoneses de origami. Eles são chamados de tsurus, e representam o grou, uma ave sagrada para o povo.

Segundo os costumes do Japão, a mitologia diz que estas aves podem viver cerca de mil anos, e por isso são um símbolo de vitalidade e juventude.


Os tsurus estão presentes por todos os lados no Japão, e é impossível não ver móbiles, cortinas ou outros adereços feitos com eles.


Ainda há a crença que, ao fazer mil origamis de tsurus, a pessoa tem seu desejo atendido. Isso é tão forte que mesmo nos hospitais, papéis de origami são oferecidos aos enfermos, amigos e parentes.


Segundo a lenda, quanto mais tsurus forem dobrados, mais rápida a recuperação.


Hashis


Foto de dois palitos de madeira vermelhos sobre uma esteira verde. Usar hashis para comer é um dos costumes dos japoneses.


O hábito dos japoneses de comer com “pauzinhos” ou “palitinhos”, como dizem no Brasil, é conhecido no mundo todo.


O nome correto deste instrumento é hashi, e existem muitas regras de etiqueta em relação ao seu uso.


Por exemplo, eles não devem ser usados para espetar a comida. Isso é ainda mais grosseiro se for feito em uma tigela de arroz.


De acordo com os costumes dos japoneses, isso só acontece em cerimônias dedicadas a honrar os mortos. 


E você achando que a parte mais difícil de comer com hashis era manejá-los, não é?


Descubra as unidades Kumon onde você pode aprender japonês e faça já sua matrícula!


Conclusão

Foto de duas mulheres de kimono, usando sombrinha e leque. Muitas curiosidades sobre o Japão envolvem vestimentas e acessórios.



Os japoneses possuem uma cultura tão rica, diversificada e diferente da nossa que poderíamos escrever um livro inteiro só de curiosidades sobre o Japão.


No post de hoje, trouxemos algumas delas para você sentir um pouco como é mergulhar nos costumes e hábitos de um país repleto de coisas interessantes para descobrir.


No Kumon, nós entendemos bem como este tipo de imersão é importante para o aprendizado da língua.


Por isso, o material aborda muitos fatos interessantes sobre os costumes, tradições e cotidiano dos japoneses.


E se você deseja aprender a falar japonês mas acha que é muito difícil, não precisa se preocupar: o método Kumon conta com material didático desenvolvido especialmente para brasileiros.


Assim, mesmo quem nunca teve contato com o idioma consegue aprender, estudar e se aprimorar sem dificuldades.


Se você gostou e deseja saber mais sobre a cultura do Japão, venha aprender com a gente. E não deixe de compartilhar estas curiosidades com os seus amigos!

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade
Para garantir ainda mais transparência em como usamos seus dados pessoais aqui no Kumon, nós atualizamos nossa Política de Privacidade. Caso queira consultá-la, clique aqui. Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência no nosso site. Ao continuar a navegar neste site, você concorda como o seu uso. Para saber mais sobre o uso de cookies, clique aqui.