Raciocínio lógico matemático: como estimular nas crianças?

24/01/2022
Kumon Brasil
Compartilhe:


Menina aplica o raciocínio lógico matemático para fazer contas.


Não é segredo para ninguém que o raciocínio lógico matemático é fundamental para podermos executar a maior parte das funções de nosso dia a dia: calcular o tempo de trânsito até o aeroporto, cozinhar o almoço, pedir um aumento. 


Por isso, é essencial estimular e desenvolver estas capacidades. Afinal, além de serem usadas constantemente no cotidiano, elas são importantes para o desempenho escolar, acadêmico e profissional.


Mas o uso do pensamento lógico vai além disso. Você sabia que um bom raciocínio lógico matemático na educação infantil pode fazer toda a diferença no futuro, e até mesmo na sua saúde mental ou nos relacionamentos de um indivíduo? 


Isto acontece porque é ele o responsável por nos fazer resolver problemas, refletir e tomar boas decisões. Portanto, se você deseja desenvolver esta habilidade desde cedo, continue lendo este post.


A seguir, vamos entender mais a fundo este tema e mostrar para você como melhorar o raciocínio lógico matemático de seu filho. Vamos lá? 


Saiba como o curso de matemática do Kumon pode ajudar seu filho a desenvolver seu máximo potencial. 


Leia também:


O que é o raciocínio lógico matemático?


O raciocínio matemático é comumente associado a números, contas e cálculos. Mas o conceito de pensamento lógico é bem mais amplo que isso. Sua origem está na filosofia!


Isso mesmo, a lógica é a parte da filosofia que trata das formas do pensamento em geral, como dedução, indução e hipótese, e das operações intelectuais que buscam determinar o que é verdadeiro ou não.


A palavra vem do grego logiké, um termo relacionado com razão, palavra ou discurso. Trata-se de uma ciência estabelecida na Grécia antiga por Aristóteles: a ciência do raciocínio.


Ela também é primordial para resolver problemas de maneira sequencial ou para construir argumentações, ou organizar dados usando premissas válidas para chegar a uma conclusão.


Qual é a importância do raciocínio lógico matemático?


Como você já percebeu, o raciocínio lógico matemático é exigido em todos os campos do conhecimento e em inúmeras situações do dia a dia.


Diante disso, fica fácil deduzir (olha o raciocínio aí!) que ele influencia o desempenho escolar, acadêmico e profissional. 


E tem mais: apesar do nome, o raciocínio lógico matemático vai bem além da área de ciências exatas, sendo determinante até mesmo para o aspecto emocional.


Saúde mental


Hoje se fala muito em saúde mental de jovens, adultos e idosos. Mas o que muita gente parece esquecer é que a base para isso é a infância.


O que significa que cuidar das crianças é cuidar também do futuro delas, evitando prejuízos mais para a frente.


E o que isso tem a ver com o raciocínio lógico? Tudo! Para fazer boas escolhas, é preciso usar o raciocínio para criar hipóteses, avaliar possibilidades, resolver problemas... E fazer boas escolhas têm tudo a ver com a saúde mental.


Tomada de decisões


O raciocínio lógico matemático também é relevante para analisar situações de modo mais abrangente, ajudando a tomar decisões de forma mais consciente, com foco não apenas no presente, mas no longo prazo.


Raciocinar para antecipar possíveis dificuldades e problemas, imaginando soluções com antecedência, é uma capacidade muito desejada pelo mercado de trabalho.


Relacionamentos


O segredo de qualquer relacionamento é o equilíbrio. Seja com a família, amigos ou um interesse romântico, o pensamento lógico ajuda muito a alcançá-lo.


Um pensamento mais abrangente influencia positivamente as inúmeras decisões que fazem parte do vínculo entre as pessoas. 


Ele também é importante para a autoestima, oferecendo uma visão menos submissa e mais concreta da relação.


EducaçãoBlocos de montar estimulam o raciocínio lógico matemático na educação infantil


O uso do raciocínio lógico de matemática na educação tem importância fundamental para a formação humana, já que estimula o pensamento crítico e o desenvolvimento de pessoas com senso argumentativo.


Esta característica é muito relevante para o desempenho escolar, pois está ligada à capacidade de interpretar e responder situações-problema.


O Enem, vestibulares e concursos públicos têm apresentado, de forma concreta e cada vez mais frequente, questões relacionadas ao uso do raciocínio lógico matemático.


Por que trabalhar o raciocínio lógico infantil desde cedo?


Cada vez que o cérebro é exigido, ocorre um aumento do fluxo sanguíneo e de correntes elétricas. 


Este processo incentiva a produção de neurotransmissores e a criação de novas sinapses, melhorando a quantidade e qualidade das conexões entre as células nervosas.


Com isso, o desempenho do órgão melhora. E isto vale para todas as idades! Nunca é tarde para começar a exercitar o raciocínio matemático. Mas, no caso do ensino de matemática para crianças, isto é ainda mais relevante.


Isso porque elas possuem grande plasticidade neural, ou neuroplasticidade. Traduzindo, trata-se da capacidade do cérebro de criar novas conexões com base nos estímulos provocados pelo ambiente. 


Desenvolver estas habilidades é importante para formar pessoas com alta capacidade argumentativa e pensamento crítico, algo que seguramente vai fazer toda a diferença na vida do seu filho, ajudando-o a se preparar para inúmeras situações que poderá vivenciar.


Um bom pensamento lógico, por exemplo, é essencial para a criança se adaptar rapidamente às mudanças, ampliando os modos de pensar e encontrando caminhos distintos para resolver problemas. 


Esta habilidade é chamada flexibilidade cognitiva, e faz parte das 10 habilidades do profissional do futuro.


Como desenvolver o raciocínio lógico matemático?


Se você quer desenvolver seus músculos, precisa exercitá-los. Com seu cérebro acontece exatamente a mesma coisa. Existe até um termo para isso: ginástica cerebral.


Ela pode ser feita tanto de forma direcionada, como vamos mostrar a seguir, como também praticada no dia a dia. E, ao contrário da academia, não precisa muito esforço para isso. 


Pequenas mudanças na rotina possuem um efeito extremamente benéfico para o raciocínio. Isso acontece porque nossa tendência é realizar as tarefas cotidianas de forma automática, sempre da mesma maneira. 


Assim, nosso cérebro se acostuma e não é muito exigido. Porém, quando saímos da rotina, forçamos o cérebro a sair deste modo e trabalhar.


Este incentivo ao raciocínio lógico matemático pode ser dado por um novo desafio, como aprender um idioma, começar a pintar, se aventurar no crochê ou ler um livro sobre um assunto que você não domina. 


Mas ele também pode ser praticado nas atitudes mais simples e cotidianas, como fazer um caminho diferente até a escola dos seus filhos, sentar em um lugar diferente à mesa na hora do almoço ou se exercitar com a luz apagada.


Para ajudar, selecionamos mais algumas atividades de raciocínio lógico infantil que você pode fazer em casa com seu filho para ajudá-lo a desenvolver todo seu potencial.


Jogos de tabuleiro

Jogar xadrez é excelente para desenvolver o raciocínio lógico matemático.


Quem disse que exercitar as habilidades de raciocínio precisa ser algo chato ou desinteressante? Pelo contrário, desenvolver o raciocínio lógico matemático pode ser bem divertido!


Jogos de sequência lógica e tabuleiro, como batalha naval e campo minado, são ferramentas excepcionais para trabalhar o pensamento estratégico e a capacidade de prever os movimentos do adversário.


Veja o xadrez, por exemplo. Este é um dos maiores aliados do treinamento do cérebro quando falamos de jogos de tabuleiro. 


O xadrez promove a reflexão, a criatividade, a observação, a síntese, a análise e a tomada de decisões. Segundo alguns estudos, alunos que jogam xadrez têm melhor desempenho cognitivo do que aqueles que não praticam.


Não por acaso, inúmeras instituições de ensino usam o jogo como uma importante ferramenta pedagógica, com o objetivo justamente de melhorar o raciocínio matemático. 


Massa de modelar


Com certeza, esta é uma das brincadeiras preferidas das crianças, não importa de que geração. Quem aí não lembra da sensação de amassar, apertar e dar asas à imaginação com massa de modelar?


Mais que uma excelente forma de entreter as crianças de forma criativa, brincar de massinha ainda traz inúmeras vantagens para o aprendizado e para o desenvolvimento cognitivo.


Além de estimular novas maneiras de raciocinar, os benefícios para a coordenação motora são acompanhados da ampliação da capacidade de abstração, criatividade e planejamento.


Jogos eletrônicos


Este é um tema polêmico, já que, durante muito tempo, os jogos eletrônicos foram considerados algo que trazia mais malefícios que benefícios.


Não há dúvida de que, sem controle ou limitações, eles realmente se encaixam nesta definição. Porém, quando usados de forma limitada e sem exageros, os videogames podem ser grandes aliados do desenvolvimento do raciocínio lógico matemático.


Jogar estimula o pensamento estratégico, a memória, a concentração e a coordenação motora. Para obter estes benefícios com segurança, escolha jogos adequados à idade do seu filho e limite o tempo de uso, tanto para o videogame não virar um vício, quanto para manter o tempo de tela sob controle.


Leitura


Os benefícios da leitura para o desenvolvimento infantil já são bem conhecidos. Ler ajuda a fortalecer diversas habilidades cognitivas, além de entreter e aumentar a imaginação.


E os benefícios não param por aí. Este é um hábito que contribui para o desenvolvimento emocional e trabalha a capacidade de concentração, trazendo muitos benefícios para o desenvolvimento da criança.

 

Ler também é um excelente aliado do raciocínio lógico matemático. Quando os personagens se deparam com determinadas situações e as resolvem, por exemplo, apresentam atitudes benéficas e formas de pensar diferentes.


Blocos de montar


Apesar de todas as novas tecnologias que dominam os tempos atuais, os blocos de montar não saem de moda. 


Dos maiores aos menores, dos mais simples aos mais complexos, são ótimas alternativas para desenvolver o pensamento lógico em todas as idades.


Para construir algo é preciso escolher e encaixar corretamente as peças certas, nos locais certos. Isso exige percepção, observação, memória e raciocínio.


Lembre-se de respeitar a idade do seu filho na hora de fazer esta atividade: para crianças de até 3 anos, peças pequenas são perigosas porque podem ser engolidas. Além disso, peças maiores são mais fáceis de encaixar e manusear.


Jogos de memória


Além de estimular, obviamente, a memória, estes jogos são ótimos para exercitar o raciocínio lógico matemático. Além de memorizar as imagens, é necessário usar a lógica para descartar as cartas repetidas, o que faz dela uma excelente técnica de estudo e memorização


Jogar é muito simples. Basta espalhar todas as cartas na mesa de forma aleatória, embaralhada e com as figuras viradas para baixo. 


Cada jogador vira duas cartas por vez. Se forem iguais, ele fica com as cartas. Se não, ele vira as cartas para baixo novamente e o jogo segue com o próximo jogador. Quem conseguir mais pares é o vencedor.


Para ficar ainda mais legal, você pode estimular seu filho a fazer o próprio jogo de cartas com desenhos, ou fazer esta atividade junto caso ele ainda não saiba desenhar.


Quebra-cabeça


Um dos primeiros sentidos que a criança desenvolve é a visão. Por isso, os quebra-cabeças acabam sendo muito atrativos. Esta é uma ótima ferramenta para estimular o raciocínio lógico infantil desde cedo.


Comece com quebra-cabeças simples. Existem jogos a partir de duas peças grandes. Conforme seu filho avançar e demonstrar interesse, passe para imagens mais complexas e com maior número de peças.


Já conhece nosso Quiz sobre Matemática? Elaboramos um teste para avaliar os seus conhecimentos. Faça hoje mesmo gratuitamente com seu filho!


Como a escola e os pais podem contribuir com o desenvolvimento do pensamento lógico da criança?


Como você viu, estimular o desenvolvimento do seu filho não precisa ser cansativo ou entediante. Aliás, pode ser bem legal!


O lazer e a diversão são formas muitos envolventes e interessantes de exercitar o raciocínio lógico de matemática. 


Em casa, você pode aproveitar os momentos mais lúdicos de atividades e brincadeiras para isso. Assim, fica gostoso aprender sem parecer obrigação!


Assista o vídeo abaixo e descubra como o Kumon auxilia o desenvolvimento do raciocínio.



Para conhecer todos os benefícios do Kumon, agende uma visita à unidade mais próxima.


Conclusão


Neste post, você descobriu que o raciocínio lógico matemático vai, na realidade, muito além dos cálculos e números. 


Ele faz parte da vida cotidiana e é usado em inúmeras situações em que é necessário resolver problemas ou tomar decisões, das mais simples às mais complexas.


Tudo isso faz diferença no desempenho que seu filho vai apresentar na escola e, mais tarde, em testes vestibulares ou de concursos, estendendo-se para a vida profissional.


E não podemos deixar de lado a vida pessoal, já que exercitar o pensamento lógico traz diversos benefícios para a saúde mental e os relacionamentos.


Você também aprendeu que existem muitas formas divertidas de estimular o raciocínio lógico de matemática, que podem ser incluídas no dia a dia do seu filho em forma de brincadeiras.


Agora, é só começar a colocar seus novos aprendizados em prática! E não esqueça: se este conteúdo foi útil para você, compartilhe com seus amigos para eles também poderem aproveitar estas dicas.

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade
Para garantir ainda mais transparência em como usamos seus dados pessoais aqui no Kumon, nós atualizamos nossa Política de Privacidade. Caso queira consultá-la, clique aqui. Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência no nosso site. Ao continuar a navegar neste site, você concorda como o seu uso. Para saber mais sobre o uso de cookies, clique aqui.