Nota máxima no TOEFL Junior

19/08/2020
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

Quem tem filhos que estudam Inglês sabe: o TOEFL Junior  não é fácil. Trata-se de uma avaliação exigente, fundamentada em pesquisas e nas melhores práticas para testes de proficiência no idioma. Sendo um dos exames mais reconhecidos pelo mercado, o TOEFL Junior avalia com precisão o domínio que o aluno tem da língua inglesa e as competências que fornecem a base para seu sucesso agora e no futuro.

Akemi Luisa Iramina faz Kumon de Inglês há 3 anos, e durante o período de distanciamento social, realizou o teste pela primeira vez. Sua mãe, Eiko, conta que a família havia cogitado a possibilidade de não realizar a prova neste ano, por não saber como seria o desempenho de Akemi em uma avaliação realizada de forma online. Porém, após analisar alguns modelos de provas e nível de dificuldade, a aluna sentiu-se tranquila e confiante para encarar o desafio. O resultado não poderia ser melhor: Akemi alcançou 900 pontos, a pontuação máxima no exame!



CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE O KUMON DE INGLÊS 


Segundo Eiko, o Kumon foi muito importante na preparação para esta conquista, pois o método exige que o aluno se esforce para ser autodidata, tenha comprometimento com os estudos e disciplina com os prazos. “Akemi sempre diz que as tarefas do Kumon contribuem com vocabulário e gramática. A forma como as atividades são estruturadas é um excelente treinamento para que os alunos realizem o TOEFL Junior.” Eiko Watanabe Iramina, mãe de Akemi.

Durante o distanciamento social, Akemi continuou com sua rotina normal de estudos, sem alterações. Duas vezes por semana, a aluna é atendida remotamente pela equipe da unidade e recebe as lições corrigidas e as por fazer. Para Eiko, com exceção do atendimento remoto, que ela considera uma bela iniciativa do Kumon para reaproximar aluno e orientador, a rotina segue a mesma. 



MATRÍCULAS ABERTAS

 

Comprometimento e estudo no próprio ritmo

 

Eiko e o marido fizeram Kumon de Japonês há bastante tempo, antes mesmo do nascimento de Akemi, e já conheciam bem os benefícios do método. Entretanto, foi só depois de uma viagem em família para a Disney que eles perceberam como a filha poderia ter aproveitado muito melhor a experiência caso falasse e entendesse Inglês. 

Além de ter feito Kumon, Eiko trabalha em uma unidade como auxiliar. Esta identificação e conhecimento profundo do método a levaram a acreditar que o Kumon, além de ser uma excelente maneira de aprender Inglês, poderia também ser uma forma da filha criar disciplina e encontrar a própria velocidade na curva de aprendizado, que a permitisse evoluir e não perder a motivação na busca da fluência.

Diante de tudo isso, não houve mais dúvidas: ao voltar das férias, Akemi rapidamente tornou-se aluna do Kumon.

Eiko diz que, em sua rotina profissional, gosta muito de acompanhar a evolução dos alunos. As pessoas que trabalham na unidade compartilham esta mesma filosofia, e ela pensa que esse ambiente de comprometimento faz com que os alunos também levem isso para casa. Akemi não é exceção. A mãe acredita que a filha também sente este clima, o que faz com que ela se comprometa consigo mesma e com todos que a apoiam em sua caminhada rumo a novas conquistas. Os resultados estão aí para provar que Eiko tem razão. Parabéns Akemi!


ENCONTRE A UNIDADE MAIS PRÓXIMA DE VOCÊ! 

Tags: kumon, alunos, inglês, estudonolar

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade