Escolher a educação é sempre uma escolha correta

06/10/2020
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

Para os pais, os filhos são tudo. Nada supera este tipo de amor. Junto com ele, vem o eterno desejo de fazer o melhor e não errar com as crianças. Foi este tipo de pensamento, voltado à proximidade e à importância do investimento em educação, tanto pedagógica quanto do ponto de vista de valores, que fez com que os caminhos de Aurineide Monteiro, de suas três filhas e do método Kumon se cruzassem.

Quando soube que os sobrinhos de uma conhecida liam com facilidade desde muito cedo, Aurineide quis saber mais sobre o método. Ela diz que, em sua casa, os estudos e a leitura sempre receberam uma importância bem grande. Assim, buscando um suporte para que as filhas Maria Clara, 15 anos e Marina e Vitória, 10 anos, pudessem desenvolver seu máximo potencial, Aurineide e o marido, Reginaldo, resolveram matricular as meninas em uma unidade.

Desde então, a família se tornou uma grande parceira do Kumon. Com a ajuda do método, as meninas aprenderam a ler antes dos 6 anos e possuem uma grande facilidade com a matemática. Mas, mais do que fazer tanta diferença no desenvolvimento intelectual, o que o Kumon trouxe para as irmãs foram valores como persistência, perseverança e superação. Motivos de sobra para a mãe acreditar que fez escolhas corretas em relação às filhas.


Família Monteiro. 

“Diria pra mim mesma que eu e meu marido fizemos as escolhas certas. Agimos corretamente colocando as meninas no Kumon. O que o Kumon nos trouxe foi mais do que dinheiro algum pode pagar. O Kumon traz perseverança, mudança de rota, força, conhecimento e amigos. Nada supera o sentimento de gratidão.” Aurineide Monteiro, mãe de alunas do Kumon.

 

Foco nos estudos e equilíbrio entre as atividades

 

As irmãs são alunas concluintes do Kumon

Maria Clara, Marina e Vitória possuem um canal no Instagram chamado @leitorasmaclavi com mais de 2 mil seguidores, em que discutem literatura e incentivam o hábito da leitura. Segundo a mãe, mais que um hobby, trata-se de uma iniciativa empreendedora no universo cultural, baseada no conhecimento que elas vêm adquirindo com o Kumon, a escola e troca diária com a família, especialmente agora, durante a pandemia. 

Entre os temas abordados, por exemplo, está a tributação dos livros. As meninas, que desde cedo vivem em um ambiente voltado à educação, conhecimento e cultura, posicionam-se contra o modelo com bastante propriedade, enchendo a mãe de orgulho. 

Aurineide destaca que este momento de distanciamento social está trazendo um grande desafio para as pequenas leitoras e para ela e o marido. Com tantas outras atividades disponíveis, como computador, séries e aplicativos de celular, é fácil perder a concentração e ter uma queda no rendimento. Mas Aurineide diz que, com a ajuda do Kumon, as filhas estão conseguindo manter o foco em suas atividades e nos estudos. Para ela, é tudo uma questão de equilíbrio!


MATRÍCULAS ABERTAS

Tags: kumon, crianças, alunos, aprendizado, dicas, português, hábito de estudo

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade