De mães de alunos a franqueadas de sucesso

06/12/2018
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

Quem conhece o Kumon se apaixona! É fácil entender o porquê: o olhar individual que o método oferece permite que os alunos vão muito além do conteúdo, desenvolvendo seu potencial ao máximo. Trata-se de uma mudança de postura e da relação com os estudos, elevando a autoestima e estimulando a autonomia.

 

Para muitos pais de alunos, os benefícios acabam indo além da alegria em relação ao desenvolvimento dos filhos. Ao entender e se identificar com o método, eles começam a ter interesse em levar esse sentimento para mais gente e abrir a própria unidade.

 

Foi o que aconteceu com Leya Spada e Bianca Miana. Há cerca de um ano e meio no Kumon, as duas uniram o desejo de empreender com um negócio em que acreditam de verdade. O resultado? Mais duas franqueadas que amam o que fazem!

 

Certeza de trabalhar com um método que funciona

 

Leya Spada tem 41 anos e é formada em Ciências Econômicas e pós-graduada em Controladoria. Ela conheceu o Kumon quando criança por meio da mãe, que era educadora e desejava que os filhos se desenvolvessem pelo método.

 

Depois de muitos anos, uma amiga e orientadora convidou Leya a conhecer uma unidade e fazer os testes de diagnóstico. Ela gostou do que viu e logo matriculou os dois filhos. Porém, Leya foi além: enquanto aguardava as crianças na unidade, aproveitou para se matricular no Kumon de Inglês.

 

Com essa experiência de mãe e também aluna, Leya pôde sentir o método na pele e ter certeza de que ele transforma o aluno. Esse sentimento fortaleceu o desejo de ser uma franqueada do Kumon. Não demorou até que, com o marido, ela decidisse abrir a própria franquia.

 

"Com a visão de mãe, aluna e orientadora do Kumon, tenho certeza de que o método transforma a vida dos alunos. Sinto-me privilegiada por ter a oportunidade de trabalhar individualmente com cada aluno na busca pelo autodidatismo, fazendo um mundo melhor e deixando um legado."

- Leya Spada

 

Leya em sua unidade.

Audiodescrição: Foto de uma mulher. Ela tem cabelos compridos, escuros e lisos, e um sorriso orgulhoso. Ela usa camisa clara e calça jeans. Há algumas estantes atrás dela.


A união entre propósito e o desejo de empreender

 

Bianca Miana, de 38 anos, é formada em Administração de Empresas e Letras. Após trabalhar com educação corporativa, ela buscava uma mudança em sua vida profissional. Bianca queria empreender.

 

Quando soube que o Kumon era uma franquia, na reunião de primeiro mês da filha, saiu de lá sentindo que um dia esse também seria o seu negócio.

 

"Eu sabia que com o Kumon poderia trabalhar com o coração, por um propósito grandioso de mudar positivamente a vida das pessoas. Era algo em que eu realmente acreditava, e faria muito mais sentido para mim do que um negócio cujo lucro fosse o principal objetivo."

- Bianca Miana

 

Um ano após a reunião, Bianca abriu sua franquia. Além de estar realizada com o Kumon, ela garante que o método funciona. E completa: "A família que abraçar o método com comprometimento pode confiar que terá resultados".

 

Bianca não se arrepende de sua escolha. Ela conta que acorda cedo e vai feliz para a unidade, onde o tempo passa sem que ela sinta. Ainda assim, a franqueada acha que tem um caminho a trilhar e que cabem muitas realizações em seu projeto profissional. Ela espera que sua unidade seja referência quando o assunto for educação de qualidade e, assim, poder mudar positivamente a vida de muitas pessoas, apoiando-as para que busquem e realizem sonhos, tornando-se pessoas felizes e capazes de transformar o mundo em um lugar melhor para todos.

Bianca em sua unidade.

Audiodescrição: Foto de uma mulher. Ela tem cabelos na altura dos ombros, claros e lisos, e um grande sorriso. Ela usa camisa clara. Ao fundo, há algumas mesas e estantes.

Tags: kumon, franquia

Artigos relacionados

Receba dicas do Kumon sobre educação dos filhos
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade