De mãe de aluno a orientadora: uma história de realização profissional

09/04/2019
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

Quando se trata de carreira, há males que vêm para bem, e cada dia pode esconder uma surpresa diferente. Foi o que aconteceu com Marcella Pimentel. Em 2016 ela trabalhava no setor financeiro de uma multinacional. Tudo ia bem, até a empresa passar por uma fase difícil e precisar se reestruturar. O gestor a transferiu de departamento, e, mesmo sem gostar da ideia, Marcella teve medo de acabar desempregada e aceitou o novo cargo. Depois de alguns dias, com o apoio do marido, ela decidiu que não continuaria na empresa.


"Quando esse ciclo se fechou, eu estava certa de que não queria mais trabalhar para ninguém. Eu queria trabalhar com algo que me desse retorno financeiro mas que me desse, principalmente, prazer." Marcella


Na mesma época, Marcella conheceu o método Kumon e ficou encantada, não somente com os resultados obtidos pelo filho, mas pela proposta do método. Ela conta que era exatamente isso o que procurava: ter a oportunidade de desenvolver pessoas e de fazê-las perceber quanto são capazes. 


Marcella desejava ver o brilho nos olhos de cada pessoa que ia entrar na vida dela, e foi assim que, em janeiro de 2018, abriu a própria unidade.


Mudando de vida para sempre


Marcella conta que tudo começou com seu filho Leonardo, de 7 anos. Ela não estava satisfeita com o nível de leitura do menino e decidiu fazer algo a respeito. Na época, uma colega de trabalho comentou que o filho estudava no Kumon e fazia tarefas até mesmo nos finais de semana, além de ter se tornado mais responsável e dedicado. 


Interessada, Marcella procurou uma unidade com o objetivo de matricular Leonardo em Português. Fez a entrevista, gostou da proposta e fez a matrícula, sem ter ideia de que dali para a frente sua vida mudaria para sempre. E a de Leonardo também. Segundo Marcella, hoje o filho é mais seguro e responsável com as tarefas, estuda sozinho e tira excelentes notas na escola em todas as disciplinas. Quanto à leitura, os resultados foram incríveis: toda vez que vão ao shopping, ele passa horas lendo livros na livraria. E sempre pede um de presente!

Marcella com o marido, o filho mais velho e o mais novo no dia da inauguração da unidade.
Marcella com o marido, o filho mais velho e o mais novo no dia da inauguração da unidade.

Realização e vontade de fazer cada vez melhor


Marcella costuma dizer que era uma pessoa antes do Kumon e se tornou outra após ter conhecido o método. Se antes ela se sentia insegura diante de decisões que tinha que tomar, hoje se sente plena em sua unidade, com a certeza de que no futuro teremos um país melhor, com uma educação mais fundamentada e jovens mais justos. Para ela, a educação é a "mola do mundo".


"Hoje sou uma mulher empoderada, acredito em mim, sigo sempre em frente e não tenho mais receio de errar. Eu me cobro bastante, mas fico feliz com os resultados. O Kumon muda as pessoas. Acredito fortemente nisso." Marcella


Falando em futuro, Marcella deseja tornar-se uma orientadora cada vez melhor e ver sua unidade com muitos alunos, para ter a oportunidade de mostrar a eles todos os benefícios que o método traz.


E ela não está sozinha! Ao entrar no Kumon, Marcella também convenceu a irmã, Marla, a abrir a própria unidade. Quer saber a história dela? Clique aqui!


 

Marcella e a irmã, Marla. Ambas são orientadoras e tiveram a vida transformada pelo Kumon.
Marcella e a irmã, Marla. Ambas são orientadoras e tiveram a vida transformada pelo Kumon.


Tags: kumon, franquia

Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade