Como nasceu o método Kumon

07/05/2019
Kumon Brasil Kumon
Compartilhe:

Estamos no Japão, no ano de 1954, quando o professor de matemática Toru Kumon começa a elaborar exercícios de cálculos para melhorar o desempenho escolar de Takeshi, seu filho mais velho. Naquele período, o menino estava na 2ª série do Ensino Fundamental e suas notas de matemática, sempre altas, começaram a cair. Diante disso, sua mãe, a Sra. Teiko, falou com o marido, o professor Toru Kumon, convencendo-o a ajudar o filho.

Ao analisar a situação, Toru Kumon percebeu a necessidade de criar materiais que o menino se sentisse confortável para resolver. Desse modo, Takeshi desenvolveria a capacidade de raciocínio e o gosto pelos estudos. A ideia de Toru Kumon vinha do princípio de que cada criança é única, cabendo ao educador instigá-la a buscar a evolução do próprio potencial.

Assim, Toru Kumon montou os exercícios, cuja estrutura permitia que seu filho avançasse por conta própria, e preparou um cronograma, fazendo-o estudar 30 minutos por dia. Aos poucos, Takeshi começou a apresentar resultados e, quando percebeu, estava adiantado nos estudos. Já na 6ª série, dominava conteúdos complexos, como cálculo diferencial e integral.

Além de notarem o progresso em matemática, Toru Kumon e Teiko perceberam que seu filho havia adquirido autoconfiança, responsabilidade, capacidade de enfrentar desafios e hábitos de estudo. Essa situação chamou a atenção de outros pais e educadores, que se interessaram pelo método. Toru Kumon resolveu compartilhar suas ideias, auxiliando os amigos a utilizarem os exercícios de cálculo com os filhos. Essas crianças, por sua vez, também melhoraram o desempenho escolar.

Ao confirmar a eficácia do método, o professor Toru Kumon abriu suas primeiras unidades de matemática, em 1956, na cidade de Osaka. Dois anos depois, fundou o Kumon Instituto de Educação. Em 1974, a instituição começou a ganhar o mundo, abrindo uma unidade nos Estados Unidos, a primeira fora do Japão. Hoje, o método alcança mais de 50 países e conta com mais de 4 milhões de alunos.

E toda essa história começou graças ao amor de um pai pelo filho, que gerou um método capaz de olhar para cada indivíduo e ajudá-lo a desenvolver suas habilidades. Segundo o professor Toru Kumon, às vezes, o aluno está com problemas em uma disciplina por não ter compreendido a matéria, ou, pelo contrário, por ter assimilado o assunto, mas não conseguir evoluir, já que sua turma da escola caminha em outro ritmo. “A culpa não é da criança. Temos que descobrir o potencial de cada uma e proporcionar o estudo no ponto ideal”, disse Toru Kumon.

Clique aqui para saber mais sobre a origem do Kumon. Quer conhecer os benefícios do método? Acesse o nosso site e encontre a unidade mais próxima de você.



Artigos relacionados

Receba conteúdos exclusivos do Kumon
Aceita receber informações do Kumon?
Política de privacidade